Pesquisa em LivreSocial

sábado, 8 de março de 2008

Becta (UK) mais uma vez prefere Open Source

A ComputerWorld UK publicou um artigo sobre um relatório da Becta, acerca do qual eu mesmo comentei a algum tempo. Em linhas muito gerais, a Becta (British Educational and Technological Agency) atua com educação e tecnologia no Reino Unido.

No princípio, o estudo mostra uma pesquisa imparcial sobre a adoção do Windows Vista e uma solução Open Source. Esta pesquisa está disponível para acesso público aqui. Antes, é importante ressaltar que o relatório reconhece as qualidades do Vista. Mas em geral, não recomenda a sua adoção. Um detalhe interessante foi a necessidade da interoperabilidade. Enquanto a suíte de escritório da MS trabalha satisfatoriamente bem entre documentos gerados por aplicativos MS, ain da havia alguma dificuldade em acessar documentos gerados por outras aplicações, e vice versa. Creio que este quadro está mudando.

O artigo atual ainda cita um laptop de menos de £100,00, baseado em Linux, voltado para a educação, lançado no Education Show (28/02 a 01/03) em Birmingham. De acordo com o artigo, o produto foi muito bem recebido. Aqui se pode saber mais sobre este produto.

A seguir, o artigo se propõe a explicar como ocorreria a economia de recursos públicos na educação, se fosse empregado o Open Source. Tudo indica que mudanças na atual estrutura estão por vir.

A pesquisa mostra que sob algumas circunstâncias, o gasto com ICT (Tecnologias de Informação e Comunicação) em uma escola de nível médio pode chegar a cifras de até £ 200.00,00 por ano. Projetando isto para a nação, o custo pode atingir meio bilhão de Liras no ano. Mas apenas uma pequena parcela é investida em computadores e softwares. 60% do custo é em suporte técnico e 20% é gasto em eletricidade.

Uma solução com vista de redução destes valores seria o outsourcing, e baseado em softwares Open Source. Como exemplo citam o email:
  • E-mail: Sophisticated and secure Open Source. Large scale e-mail deployments using GOsa management tools, Squirrelmail webmail and LDAP authentication.
  • Rsync: Remote off-site, secure incremental back-up technology.
Como exemplo, citaram o condado de Carmarthenshire, como descrito aqui na ZDNet. Este recurso é usado por 40000 alunos e professores, cobrindo 15 escolas secundárias e 125 primárias. Destes usuários, inicialmente 3 a 5 mil serão professores.

O artigo aborda o lado dos estudantes, ou seja, o que eles esperam de ICT em suas escolas:
  • Access to suitable software for teaching and learning
  • E-mail
  • Safe access to the Internet
  • A home folder for personal file storage
  • Access to shared resources (e.g. Intranet, VLEs (Virtual Learning Environment), Public Folders, Databases)
Com estes desafios, o Open Source pode atender com equipamentos de baixo custo voltados ao usuário final, através de terceirização, compartilhamento de arquivo, e principalmente com o emprego de padrões abertos.
Tudo isto é uma sugestão da Becta a partir de comparativos específicos para os ambientes educacionais locais. Becta já teria advertido duas vezes sobre problemas relativos à atualização do XP atual para o Vista e Office 2007. No artigo, os termos "caro" e "ineficaz" são usados para se referir às atualizações dos softwares, atualmente. De fato, sugerem que em 2008 as escolas vão repensar suas ações de ICT.

As recompensas desta mudança são muitas, segundo a ComputerWorld UK. Redução de custos por parte das escolas, gerando economia no uso dos impostos, abrindo espaço para nosvos desenvolvimentos em ICT e maior dedicação no ensino. Além disso, mais espaço aberto para "domestic technology industry" e menos dependência de fornecedores multinacionais.

Claro, alguém vai "lembrar" que "o que é bom para eles não é bom para nós". Jeans, automóveis, computadores, e muito mais foram idéias "deles", que foram boas e necessárias para nós. Se estes utensílios vingaram, quanto mais uma ação em prol da geração de economia, que ainda incentive crescimento social/tecnológico.

É bom lembrar que esta reportagem e seus links (os que acrescentei) apontam para empresas e órgãos públicos sem que seja feita apologia a qualquer lado. Procurei links da Microsoft sobre o assunto, mas não encontrei nenhum. Sou favorável ao Open Source/Free Software e seus benefícios sociais, mas não deixo de reconhecer a qualidade alta de diversos produtos proprietários. Felizmente, apesar de seus custos altos (aquisição, manutenção, treinamento e outros itens que compõem o TCO) há quase sempre soluções Open Source alternativas que atendem pelo menos razoavelmente as exigências da tarefa em questão.

Com certeza há casos em que o OS/FS não apresenta solução viável ou não apresenta nenhuma solução. Neste caso, com toda certeza, a solução disponível é a solução a ser usada. Depois de devida e adequada análise, claro.

Nenhum comentário:

Notícias Linux

Dicas-L: Dicas técnicas de Linux e Software Livre

Ubuntu Dicas

Security Fix

 
Creative Commons License
Blog Livre e Social by Gilberto Martins is licensed under a Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil License.