Pesquisa em LivreSocial

domingo, 28 de dezembro de 2008

Minha opinião sobre Linux

Devido a diversas trocas de mensagens no MeioBit, acho importante deixar claro a minha posição sobre o Linux e outras coisas.

Evangelismo
Já fui um Xiita do Linux, daqueles que acreditam que ele pode responder todas as necessidades de todo e qualquer usuário. Nenhum SO poderá nunca fazer isso, cada um tem seu espaço. Hoje, minha preferência é o Software Livre. Mesmo que este seja pago. Felizmente, minha atividade me permite usar apenas software livre. Mesmo assim preciso me manter atualizado, e a MS nos permite fazer isso sem estarmos ilegais.

Software Livre
Demorou para acontecer, mas quando veio, trouxe muitos benefícios. Para os etudantes de algumas áreas de software, viabilizou acesso menos caro a diversos exemplos de desenvolvimento de software, além de muitas outras linguagens. Para a população com menos recurso, a possibilidade de participar da Internet sem estar na ilegalidade do software pirata, necessário para o conceito de cidadania. Quem pode usar software proprietário, deve usar. O mesmo para software livre. Além do mais, ter opções de escolha  é mais do que saudável. Assim evita-se o monopólio prejudicial, como o que acaba acontecendo no caso das "tele".

Desktop
Tenho percebido que o que o usuário gosta mesmo é de usar programas. Se for no Windows ou não, ele quer ler seus emails, acessar suas páginas preferidas, se comunicar com outras pessoas. Se ele prefere o Windows, é porque o que ele quer usar só roda neste sistema ou ele já está habituado com a operação de um certo software que só funciona naquele SO ou que funcione melhor naquele SO. Seja sistemas de desenho, retoque de imagens, comunicador, browser, o que quer que seja. Isto é normal, preferimos o que mais nos agrada. Eu acho complicado pensar em comprar um algomóvel (fusca) ou um chevelho (chevete). Mas muitos de nós conhecemos pessoas que preferem estes inquestionavelmente. Nem por isso serão pessoas piores ou melhores. É apenas preferência.

Por outro lado, o Desktop tem se tornado cada vez mais insignificante, pois a idéia da nuvem tem se fortificado bastante. Pelo menos para o usuário corporativo. Os esforços em desenvolver e solidificar este conceito podem trazer à reboque o usuário doméstico.

O melhor Sistema Operacional
É o que proporciona o recurso desejado para o usuário final. Seja ele qual for, não há mais espaço para briga de marcas, partidarismos e etc. Cada SO um tem suas vantagens e desvantagens, vulnerabilidades e qualidades. Hoje, o que eu gosto de usar em meu desktop é o Linux, mais especificamente o Ubuntu. Dependendo destes parâmetros, posso vir a usar outro que não me restrinja em nada. No meu caso, este é meu maior problema com o Windows.

5 comentários:

Fabio Leal disse...

que eu penso do Linux, estou cada dia gostando de programa de código aberto..
atualmente estou usando ubuntu agora, olha isso vem me surpreendendo, pra vc ter uma ideia ja não faço mais nada no Windows digo que 90% agora só faço no Ubuntu..
abraço!!!!!!!!!

Claudio disse...

deveras. o melhor SO é o que atende às necessidades do usuário.

tudo bem que, com todos os testes que tenho feito nesses sistemas (vários sabores de linux, windows, e agora mac os x), cada vez mais chego à conclusão de que o linux é a melhor opção para a maior parte dos usuários, mas não cabe a mim decidir por eles.

vamos torcer para que o windows 7 venha realmente melhor, porque o vista foi uma m...

abraços!!!

Alcimar Costa - Chefe da Delegacia Interativa disse...

Concordo plenamente. Sei que se desde o surgimento do computador, ao invés do Windows tivesse sido utilizado o Linux, e a população mundial o dominasse e, nos dias de hoje, surgisse o Windows ocorreria a mesma resistência quanto a migração. Na maioria das vezes, quem faz o sistema ser bom ou ruim é o usuário. Mas quando queremos andar na linha, sem pirataria, principalmente em instituições públicas, o bom é o software livre mesmo. Brevemente, toda a Polícia Civil do estado de Alagoas usará o Ubuntu Linux, mostrando que uma andorinha, mesmo sozinha, faz verão quando tem estratégia. Um grande abraço a todos. E que Deus esteja sempre latente em nossos corações.

Silvio Luiz - Rio de Janeiro disse...

Sou discípulo do Gilberto e foi com ele que criei simpatia pelo Linux. Tudo começou do presente de um cdzinho com kurumim 2.0. Preciso ainda aprender muito a linguagem Linux, mas o pouco que usei já me satisfez muito. Uma coisa que prende ainda o usuário comum ao Windows é sua interface gráfica (se fui redundante me perdoem) e o fato da maioria das empresas criarem drivers para windows, muitas vezes não criando para Linux. Feliz 2009 para todos!!! Muitas bênçãos de Deus.

Claudio disse...

pô, discordo. o que ainda prende o usuário ao linux é o comodismo. aprender uma tecnologia nova requer tempo e esforço. muita gente prefere não se mexer na cadeira, e continuar no mal conhecido que navegar em mares incógnitos.

Notícias Linux

Dicas-L: Dicas técnicas de Linux e Software Livre

Ubuntu Dicas

Security Fix

 
Creative Commons License
Blog Livre e Social by Gilberto Martins is licensed under a Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil License.