Pesquisa em LivreSocial

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2008

Não é só o Linux que é "difícil de instalar" ...

Entre os muitos "problemas" citados pelos "usuários de informática" relacionados ao Linux, ignorando os falsos e os que são causados pela preguiça/desconhecimento do usuário, os problemas reais são os que realmente por vezes inviabilizam a utilização do Linux. Aliás, estou falando do Linux apenas aproveitando o fato de que este é o mais popular representante do Open Source. Poderia ser o FreeBSD, ou mesmo outros BSDs.

Destes problemas, o que mais irrita é a inexistência de drivers para Linux. Assim, facilmente se compra um hardware e se descobre que o mesmo não é suportado no Linux. E aí, começam os comentários infundados:
- Este SO é uma porcaria
- Linux nunca vai dar certo
- Ninguém usaria uma coisa tão complicada

Mas ninguém lembra que quem disponibiliza o SO não tem que criar os controladores de dispositivos, ou seja, os drivers. Isto é papel do fabricante. Tente adquirir um hardware novo no mercado, qualquer que seja, e procure explorar todas as suas possibilidades se não for feita a instalação de seus drivers, estes feitos pelo fabricante. Não há SO que possibilite isto.

Nem precisamos pensar em hardwares novos. Basta pensar em uma placa de captura de vídeo que tenha bons recursos. Se não for instalado o driver proporcionado pelo fabricante, ela não funcionará plenamente. Acaba fazendo o mesmo que uma placa de vídeo comum, apenas com mais memória. Flávio Xandó cita isso:"O fabricante tem que ofertar o adaptador (driver) que viabiliza colocar esse aparelho no carro novo. Simples assim.".

Agora, este problema passa a ser vivido por muitos usuários, que no passado atiraram exatamente estas pedras, e hoje estão passando pela mesma situação. Os novos notebooks estão cada vez mais populares, cada vez mais baratos, e cada vez mais vendidos. Muitos já tem instalado alguma versão do Windows Vista. No mesmo link, Flávio cita: "Toda troca de sistema operacional necessita dos drivers corretos. Seria desejável, mas é impossível o Vista conter todos os drivers de todos os dispositivos do mundo incorporados.". Mas por que este pensamento apenas agora é aceito pelos ditos "usuários" apenas agora, quando o calo dói no próprio pé ?

Tenho ouvido e lido bastante reclamações e relatos de completa insatisfação com o Vista, pelos mais diversos motivos. Não basta dizer que é mais seguro, que é mais avançado, que é mais o-que-quer-que-seja. O usuário simplesmente não se adequou. Igual ao Linux: é mais seguro, é mais estável, tem linha de desenvolvimento aberta e contato aberto com o usuário, gratuito, mas os usuários também não se adequaram. Em ambos os casos, querem o que eles "sabiam usar" (ou seja, achavam que sabiam): o XP. E que decepção: nas novas máquinas o XP não funciona parcial ou integralmente !!!! Esta história todos nós já ouvimos!

Há um outro aspecto. Quando todos estávamos habituados com o Windows 98, nos obrigaram a usar uma versão atualizada. Não seria mais criado nada para o 98, e todos seriam OBRIGADOS a De forma democrática, migrar. Todos teriam o "direito" de mudar ou parar de usar. Estamos vendo esta mesma linha de novo: O desenvolvimento de novos drivers para o XP vai acabar, os "teimosos" vão ser forçados a mudar, etc, etc, etc. Se isto é um tremendo inconveniente para a pessoa física, o que se diz da pessoa jurídica? e o suporte ao SO anterior, caso a empresa decida permanecer com ele ? quem fará os drivers dos novos hardwares para que este funcionem

Eu não sei se cabe aqui eu usar a expressão "nos obrigaram a usar uma versão atualizada". Não tenho como saber qual foi ou é a intenção da MS ao lançar atualizações de seus softwares. Mas a impressão que fica, à primeira vista (isto não é um trocadilho!!!), é a de impor o upgrade.

Mas o que resta, de tudo isto que estamos vendo, é que daquilo que os defensores da MS nos acusavam, estão passando hoje (foram poucos os defensores dos softwares proprietários, muito mais foram defensores da MS mesmo. Do lado de cá, foram os tradicionais xiitas de Linux, entre eles, eu mesmo era um, mas agora, como outros, passamos a entendender o real valor social do Software Livre). E agora, estão na mesma agonia que era dada como sendo ponto negativo no Linux.

3 comentários:

carlosribeiro disse...

Poucos fabricantes de hardware dao "suporte" a linux, mesmo assim o pessoal que ajuda no desenvolvimento sempre tenta dar seu "jeitinho"... mesmo os que dao suporte, os drivers nao sao grandes coisa (ATi, Intel...)
quem usou linux a 2 anos atras e usa hoje, nota uma GRANDE diferença, sem duvidas!! wireless em linux? era como mito! hoje compilando um kernel no debian tive a surpresa que o "driver" desenvolvido pela Intel, foi integrado ao kernel, ou seja... realmente é uma questao de tempo para as coisas melhorarem (ainda mais!)
por falar em vista, sem comentarios... aparentemente microsoft ta começando outra "cagada" que é o Windows 7, tive oportunidade de ver umas fotos e nada me faz pensar que a "bola de neve" que o windows é hoje, va mudar ;)

Anônimo disse...

O lixux é uma bosta.

Sou mais o Windows

Gilberto Martins disse...

Infelizmente, é o que vemos. Anônimos que não dão as caras, falam as besteiras que pensam (pensam ???) e nada se aproveita, apenas agressão barata. Gostando ou não, é preciso ter a certeza do por quê. Apenas dizer que é ruim, ou o outro é o melhor é complicado.

Mas é assim mesmo, por isso prefiro deixar esta coisa aí em cima que tirar.

Notícias Linux

Dicas-L: Dicas técnicas de Linux e Software Livre

Ubuntu Dicas

Security Fix

 
Creative Commons License
Blog Livre e Social by Gilberto Martins is licensed under a Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil License.